Skip to content

>The Voice – Último Round

June 2, 2011

>



Voltei para mais uma recap de The Voice, e hoje com o último round dos duelos. Na próxima semana, teremos a apresentação ao vivo dos candidatos e também dos nossos jurados. O programa da próxima terça pode ser:


a) O melhor de todos;
b) O momento de Vergonha Alheia dos candidatos;
c) Com a Christina esquecendo a letra da música;
d) Com alguém cantando o Hino Nacional Americano;
e) Com uma disputa de plumas e paetês entre Cee Lo Green e Xtina;



f) Todas as alternativas estão corretas.



Enquanto vocês pensam como será o programa da próxima terça, vamos às batalhas dessa semana, que foram muito melhores que as da semana passada, e uma grande surpresa: teremos um dos jurados cantando algo bem diferente do seu próprio estilo.


Round I – #BullyingTeam

Do meu lado direito temos Jeff Jenkins, o menino do Bullying, e do meu lado esquerdo temos Casey Desmond, que deve ter sofrido bullying por causa do cabelo estranho. Durante as audições, Jeff foi bem disputado e encantou Adam com o timbre diferente, enquanto Casey, bom, Casey eu nem lembrava que ainda estava no programa. E aí, quem vai para a próxima fase?

Jeff Jenkins vs Casey Desmond – Don’t Let the Sun Go Down On Me

Durante os ensaios ficamos surpresos com a entonação do Jeff, principalmente com uma música do George Michael que arrepia qualquer um. A menina do cabelo vermelho também se saiu bem nos ensaios, mas nesse caso, o que tiver um diferencial passa pra próxima fase, e acho que o rapaz da história triste tem mais chances.


Na apresentação, ambos foram muito bem, o estilo e o duelo que mais pareceu um dueto foi lindo, um dos melhores até agora da competição. Adam montou um time que ninguém dava muita coisa, mas surpreendeu durante as performances nas batalhas.



E depois de uma salva de palmas em pé, Adam acabou escolhendo o Jeff, que além de toda a história triste tem uma das melhores vozes do programa. #TeamAdam está muito bom!

Round II – As tímidas!

Do meu lado direito temos a nossa Guerreira Xena, opa, Xenia, e do lado esquerdo temos Sara Oromchi, a japa. Durante as audições, a Xenia foi um dos grandes destaques do programa, pequena e com um timbre de arrepiar até os mais insensíveis. Enquanto Sara Oromchi, a japinha da edição, foi bem, mas não teve o mesmo o brilho que a sua concorrente. Duelo das pequenas, com força pra ser o duelo das gigantes do programa.

Xenia vs Sara Oromchi – I’ll Stand By You



Durante os ensaios, as duas se mostraram muito nervosas, mas demostraram um pouco do potencial que cada uma tem. E conferimos uma “palhinha” dos mentores, enquanto as meninas tentavam se soltar um pouco. Tivemos um daqueles momentos de pura vergonha, onde Xenia começou a chorar, não sei se foi pelo nervoso ou se foi por ter descoberto que o Blake é casado.



Na apresentação cada uma mostrou o seu diferencial, a Xenia com a sua voz mais anasalada e rouca, enquanto Sara teve bem mais presença de palco e se soltou muito. Se fosse pela apresentação dessa semana, com certeza a Sara ganharia, mas pelo diferencial, quem acabou vencendo essa batalha foi a Xenia. #TeamBlake também está bem forte!

Round III – As Rebeldes!

Do meu lado direito temos Lily Elise, a menina do nome rimado, e do meu lado esquerdo temos Cherie Oakley, (Who?). Durante a fase de audições, ela foi a única cantora country a entrar no #TeamXtina, e Lily Elise foi para a repescagem, mas aproveitou a chance para chegar aonde chegou.

Lily Elise vs Cherie Oakley – Since U Been Gone



E durante os ensaios Lily Elise arrasou. A voz dela foi demais, porém o jeito arrogante e “eu sou a melhor” estressou qualquer um. E criou realmente um clima de duelo.


Durante a apresentação faltou um pouco de puxão de cabelo e tapas, mas a performance foi muito boa. A ‘country girl’ foi muito bem, para desapontamento da metidinha. E quem levou a melhor foi a Lily. Já tenho alguém para odiar!



ROUND IV – Os apaixonados!

Do meu lado direito temos Curtis Grimes, e do meu lado esquerdo temos Emily, a tatuada. Na fase das audições, os dois surpreenderam muito, principalmente a Emily, com o seu look “professora sexy” e com uma voz bem diferente. Mas se preparem para um dos momentos mais inusitados do programa…


Durante as ensaios, descobrimos que os dois competidores eram muito amigos, mas na apresentação, ou melhor, ao final da apresentação, tivemos o momento em que:


a) Christina Aguilera sonhava



b) Que Cee Lo Green invejava



c) E que todos ficaram chocados



Curtis Grimes vs Emily Valentine – Need You Now

“Cee Lo propôs cantar em forma de dueto, e não fazer isso pra valer”. (Country, Blake)



Passado o momento de choque, a apresentação foi muito boa, mas, sem nenhuma surpresa, Emily se destacou bem mais que o Curtis. Não sei se pelo jeito tímido do namorado, ou se pelo jeito sexy da professorinha, quem acabou levando o duelo foi o Curtis. E quem disse que os tímidos também não têm vez? #TeamCeeLo termina com chave de ouro.

From → Pigmeias, The Voice

Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: