Skip to content

>SYTYCD 5 – Top 10

May 30, 2011

>Vamos a mais um episódio de So You Think You Can Dance, e essa semana com algumas mudanças nas apresentações. Chegamos ao Top 10, e por isso teremos novos sorteios, onde se formarão novas duplas, e cada participante também irá apresentar um solo de 30 segundos na primeira parte do programa.




Mas antes de falarmos sobre as novas duplas e as performances, vamos conhecer a jurada convidada dessa semana. É a coreografa e bailarina Debbie Allen, que participou da primeira versão de Fame, em 1982.

Depois de uma semana bem fraca como a passada, as apresentações dessa semana seriam bem mais complicadas, novos parceiros e uma necessidade absurda de criar uma química entre o casal, que não é nada fácil em um primeiro ensaio.

Top10: Melissa, Kupono, Kayla, Evan, Randi, Jason, Jeanine, Ade, Janette e Brandon.



O programa começou com uma apresentação das 5 garotas que ainda continuam na competição, com uma performance de Bollywood (dança indiana). 




As meninas deram um show na coreografia e deixaram a Maya no chinelo.



Apresentações e as novas duplas:

Kayla e Evan – Valsa veneziana

Na primeira performance tivemos um desafio daqueles. Kayla acabou sorteando o nome do Evan para ser seu parceiro de dança. Além é claro da dificuldade com a Valsa, eles ainda iriam sofrer com os problemas “técnicos”, ou melhor dizendo, problemas físicos. Kayla é bem mais alta e pesada que a ex-parceira do Evan, e isso foi nítido durante a apresentação dos dois.

Eles foram coreografados por Tony e Melanie, e ao som de “Kiss From a Rose” do Seal os dois foram bem, entretanto toda vez que olho pro Evan sempre o acho com cara de comediante de quinta categoria. Não consigo ser séria com ele. Mas vale lembrar que a apresentação foi boa, mesmo com tanta “diversidade”. será que foi por isso que não tivemos salto hoje a noite?


Solo: Brandon Bryant – Contemporâneo

Mamãe, meus músculos cresceram!

Foi uma apresentação muito bonita. Mesmo que 30 segundos seja pouco para avaliar, ele mostrou o motivo pelo qual ainda continua no programa.

Janette e Ade – Hip Hop

Mais um casal que mostra um pouco da dificuldade para o entrosamento. As diferenças físicas também são ponto forte, mas dessa vez é pelo tamanho “exagerado” de Ade. Eles foram coreografados por Tabitha e Napoleon, e ao som de “Love Sex Magic” do Justin Timberlake foram muito bem. Mesmo com todas as dificuldades, foi muito divertido e Janette deu um show. Mais uma vez, que fique claro.



Além dos gritos da Mary Murphy, tivemos um Nigel Safadinho e afirmando que vai começar a usar algumas coisas para colocar na cabeça!


Solo: Randi Evans – Contemporâneo

“I Believe I can fly…”



Ela é uma ótima dançarina, porém não creio que ganhe essa competição. Ela é toda fofa, engraçada e pequenininha, mas o que vimos na apresentação em 30 segundos foram piruetas em cima de piruetas e nada mais.


Solo: Kupono Aweau – Jazz

Mamãe, quero ser sexy!



Kupono é muito talentoso. O estilo dele é bem diferente, além do visual, é claro. Durante o solo, ele foi muito bem, mostrando todo esse lado “freak”, mas não sei, não acho que ele vá estar entre os finalistas.

Jeanine e Jason – Contemporâneo

A primeira dupla (ou casal??) a combinar. Além da química forte entre os dois, a apresentação foi linda, sutil e bem envolvente. Coreografados pelo Travis Wall, que ficou em segundo lugar na 2ª edição do programa, os dois emocionaram, e se você chora até com propaganda de margarina, prepare-se para chorar nessa performance.

Eu acho que isso não estava no script!

Os jurados adoraram a apresentação, e tivemos um momento de silêncio da Mary Murphy, mas calma, foi apenas um minuto, e logo após, ainda em lágrimas, ela falou sobre como os dois foram bem, o quanto Jeanine se destacou nessa coreografia. E um veredito: Mary Murphy precisa ficar em silêncio mais vezes!


Solo: Melissa Sandvig – Ballet

Se cuida, Natalie Portman! Eu vou ser o Cisne Negro!

E pela primeira vez na história do So You Think You Can Dance eles têm uma candidata que é bailarina clássica, e durante o solo vimos o quão belo pode ser o Balé. Melissa tem um jeito próprio de se apresentar.

Solo: Evan Kasprzak – Broadway

Dança comigo?

Evan é o tipo de dançarino com o qual você sempre vai dar boas risadas. Além do lado cômico, ele tem o apoio do público, o que é bem importante. Se ele é o melhor dançarino? Hummm.. Não. Mas com certeza é o mais engraçado de todos.

Solo: Kayla Radomski – Contemporâneo

“I believe I can fly…” – Parte II

Kayla é sem dúvidas uma das melhores competidoras do programa, além de ser muito bonita e ter feito um dos solos mais dinâmicos até agora. Alguém dúvida que ela vai pra final?

Randi e Kupono – Paso Doble

Sabe aquele casal que você não consegue esperar nada? Não que eles não sejam bons dançarinos, mas é que são tão diferentes, em estilo, em tamanho, em tudo. Não conseguiria prever o que aconteceria, até o momento em que soube que a performance seria o “Paso Doble”. E foi nessa hora que eu tive a certeza que poderia esperar pelo pior.


Além de ser uma dança muito difícil, forte e sensual, os dois não tinham química, a dança não fluiu, simplesmente nada funcionou.



Os jurados não gostaram, “faltou força e a química entre os dois realmente não funcionou.” Esse foi o nível dos comentários.

Solo: Ade Obayomi – Contemporâneo

Dançando lambada… Dançando lambada!



Ade Obayomi é um dos meus competidores favoritos, porque é tipo que ninguém dá nada por ele, até vê-lo se apresentar. E ele e a Melissa fizeram uma dupla fantástica no começo dessa edição.

Solo: Jeanine Mason – Contemporâneo

Aí, minha coluna!



Jeanine é com certeza a melhor, ou uma das melhores dançarinas dessa edição. Além de sempre se sobressair nas apresentações, no solo ela acabou mandando muito bem.

Melissa e Brandon – Broadway

Melissa e Brandon são outro casal que eu também não sabia o que esperar. Ela, bailarina clássica, e ele, dançarino de dança contemporânea. E ao som de “Aquarius” da peça da Broadway Hair, os dois deram um show. Por mais “Woodstock” que seja, a dança foi linda e a mensagem também foi muito bonita.



Os jurados gostaram, e mais uma vez o coreógrafo Tyce Diorio, arrebentou em uma performance.


Solo: Jason Glover – Broadway

Não sou o mais bonito, mas já peguei duas!



Jason Glover é um ótimo dançarino e o pegador dessa edição. Em duas performances já pegou duas dançarinas diferentes, enquanto os outros ficam só na vontade!

Solo: Janette Manrara – Salsa

Que sexyyy!



Janette é a única dançarina de salão restante na competição, e além de ser uma grande (não no tamanho) bailarina, ela também vem crescendo.

Momento #WakaWaka

Para terminar a primeira parte do programa do domingo passado, os rapazes apresentaram um Jazz Africano. Foram muito bem, mas nada comparado ao que as meninas fizeram no comecinho do programa.


Resultados

Apresentação em grupo: “So Much Betta”

Após essa apresentação sensacional coreografada pelo Wade e a Amanda Robson, vamos aos resultados do programa, que pela primeira vez tem o público escolhendo quem vai e quem não vai pra casa.


Ade Obayomi – O da lambada!
Melissa Sandvig – A bailarina!
Randi Evans – A pequena!
Kupono Aweau – O estranho!


E os eliminados dessa semana foram Randi e Kupono, depois de uma apresentação de Paso Doble que mais pareceu uma tortura.

Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: