Skip to content

>ANTM 16 – Episódio 7

April 8, 2011

>Companheiro Urgh vai discordar de mim, mas essa foi a melhor semana de realities EVAH! Com vocês…


ANTM 16 – CLIMÃOOOO



Realities giram em torno dos dois ou três que se sobressaem. E, mais uma vez, o programa foi sobre nossa Vaca Deeveena



Na volta do Vamos Ver, estavam todas trabalhadas no inconformismo.



Mikaela não acreditava na injustiça de ter ido parar no Bottom Two. Que ela era modelo desde os quinze anos, tinha mais experiência que a maioria das meninas, achava que estava fazendo um bom trabalho mas as fotos ficavam duh, blablabla, mimimi, e que raios a Alexandria ainda estava fazendo no programa.


Até que as meninas tiveram uma distração do esporte favorito Tollar a Lexie, pois quando chegaram havia almofadas, sacolas e símbolos na sala.



Dentro de cada sacola, havia uma camiseta.



Era tudo parte da campanha da Ford Warriors in Pink, que combate o câncer de mama. Cada menina escolheu o seu símbolo e, passada a diversão da novidade, voltaram à programação normal: amargura.



Molly dizendo que não queria entrar no quarto para não ter que ver a cara da Lexie…



que tomava um banho de espuma para se livrar do mau olhado.


Desafio


No Smashbox Studios, elas eram aguardadas por Nigel liMdo



Para um desafio fotográfico. Cada uma deveria incorporar seu símbolo para a campanha Warriors in Pink, e a foto vencedora estaria no poster a ser veiculado nacionalmente. Ou seja, era tudo sobre ser um modelo para as pessoas. Todas tinham histórias tristes de alguém que conheciam com câncer de mama, prometiam mundos e fundos na foto, mas poucas se saíram bem. Mikaela foi o troço morto de sempre. Brittani chegou dizendo que ia fazer e acontecer, que sua foto havia sido a melhor na semana anterior porque sabia expressar emoção com os olhos e blablabla, até que começou a fotografar e Nigel ficou meio WTF? Perguntou a ela no que ela estava pensando, e ela respondeu: “Nada, eu apenas faço.”



Nigel disse que ela não podia “apenas fazer”, principalmente em uma campanha como aquela. Que ela tinha que incorporar a personagem e “sentir”. Nota: Na noite anterior, Brittani foi a primeira a contar histórias tristes sobre pessoas que conhecia com câncer. E, como sempre que ela recebe uma crítica…



Brittani chora.


Aí veio a vez da deeva…



Com as outras ao fundo revirando os olhos, Brittani dizendo que estava achando uma porcaria…



e Molly respondendo que não importava o que elas achavam, porque apostava que Nigel ia adorar, Alexandria sempre se safava, mais mimimi… E adivinhem!



Lexie ganhou! Reação:



Então Nigel diz que ia chamar a co-estrela da campanha, um Ford Focus.



E que Lexie ganharia o carro. Reação:



Serião, eu fiquei com muita vergonha. Ninguém. NENHUMA alma deu os parabéns para Alexandria além de Nigel.



Silêncio sepulcral no estúdio. Só os dois falavam e eram quase fuzilados pelos olhares de ódio e despeito.



Enquanto Alexandria se arrumava para as fotos da campanha, Brittani dizia que era um absurdo, que Nigel havia escolhido a pior pessoa possível, que Lexie era tudo menos um modelo para as pessoas.



Alexandria falou: “Ei, eu estou aqui. Estou ouvindo”. Brittani respondeu que ela podia ouvir à vontade, que Lexie era muito fake, e esta respondeu que fake eram todas ali, que lhe davam bom dia e falavam mal dela pelas costas.

Contrangimento define




No apartamento, Brittani disse que não odiava Alexandria, pois é incapaz de odiar alguém (sei não, mas para mim isso se encaixa muito bem na definição de “fake”), só não gostava dela. Kasia disse que elas podiam todas confrontar Lexie e dizer tudo na cara dela quando ela chegasse das fotos, ou simplesmente dar-lhe um gelo. Não foi mostrado o parecer final, mas levando-se em conta que Alexandria entrou e ninguém lhe dirigiu a palavra, parece que o gelo venceu.


Photoshoot


Miss J. acordou as garotas…



para levá-las a um tour pelo Universal Studios.



Onde pararam em frente ao hotel do filme “Psicose”, e Miss J. foi atacada por Jay Manuel vestido de velha louca.



Na sessão de fotos da semana, com o fotógrafo…



E o estilista ganhador do Emmy por ser trabalho em “Sex and the City”, e que atualmente é responsável pelos figurinos de “Gossip Girl”…



Elas tinham de personificar loucura por alguma coisa. Loucura por sapatos, por bolsas, por maquiagem, etc.


No fim do dia, Brittani deu seu parecer:



“Algumas de nós foram muito bem, algumas foram bem, mas quem vai sair é a Alexandria, ou eu arranco a cabeça dela”.


Vamos Ver


Eric Daman foi o jurado convidado.



Hannah era louca por bolsas. A foto ficou maravilhosa, tipo Chapeleira Louca sendo pega saindo da festa com as bolsas das outras convidadas. Mas foi a única boa no filme. Tyra disse que ela precisava aprender timing, pois quando o fotógrafo clicava ela estava sempre com a cara torta, piscando ou falando, esquecendo do rosto e de modelar.



Mesmo tendo começado o photoshoot meio fraca e perdida em tantos acessórios, Molly deu a volta por cima e foi fantástica. Como os jurados adoram dizer, sua foto contava uma história. Nigel disse que, ao mesmo tempo em que ela vendia os acessórios, também mostrava seu rosto. Tyra falou que havia sensualidade e loucura na foto, e ela precisava fazer isso mais vezes.



Louca (e linda) por maquiagem. É impressionante como Jaclyn cresceu e aprendeu a adestrar aquelas bochechas de Fofão. Segundo Tyra, ela foi brilhante assim no filme inteiro. Para André, ela estava louca e ao mesmo tempo high fashion. Nigel a comparou ao Coringa de Batman (duh… meio óbvio) e disse que foi a melhor foto dela que ele viu até o momento (Nigel também sempre fala isso).



Teoricamente louca por liquidações, Mikaela foi a mesma coisa sem sal de sempre. No início se perdeu com todas as caixas do set e não sabia o que fazer. Depois melhorou um pouco, mas a mulher parece ter paralisia facial, sério. Tyra disse que, olhando o filme, parecia que Mikaela não havia entendido o que devia fazer.



Kasia era louca por cabelos. E pareceu louca, sobretudo nos olhos. Eric elogiou a linguagem corporal e o fato de Kasia ter tentado várias coisas diferentes no set.


E aíii, companheiros…



Todos concordaram que a foto de Lexie estava linda e high fashion, embora não contasse a história de loucura. Nisso, Nigel resolve dedurar o baphão entre Alexandria e Brittani durante as fotos da campanha Warriors in Pink.



E Brittani falou, achando que tinha A Justiça ao seu lado, que todas elas discordavam da escolha de Nigel porque elas viam a “verdadeira Alexandria”, e que esta não podia servir de modelo. Reação:



Caraaaaaaa, NINGUÉM faz a minha deeva chorar!!!!



Nigel disse que falar aquelas coisas no estúdio e na frente do cliente não era nada profissional. Que eles não sabiam tudo sobre Alexandria porque não interessava saber. O que acontecia em casa deveria ficar em casa, e agora Nigel tinha uma impressão diferente, mas sobre Brittani.



Tá, Brittani pode chorar à vontade que eu não ligo.



Tyra interrompeu os soluços compulsivos de Brittani (que explicava que se sentia horrível, que não era uma má pessoa, que não tinha intenção que o cliente ouvisse, blablabla, mimimi) para dizer que, já que o tema era modelos de comportamento, ela devia ter demonstrado espírito esportivo e respeitado o cliente, as colegas, e a si mesma.



Brittani saiu correndo.



Não é à toa que “loucura” foi o tema da semana.



E voltou, ainda soluçando e com mais cara de louca que nunca para ouvir o parecer sobre a sua foto.



Enquanto Brittani se descabelava no backstage, André disse que sentia muito por Lexie estar ali ouvindo aquelas coisas, e que ela deveria colocar um sorriso no rosto. Tyra proclamou: “Isso é moda. Já vi de tudo”. Eu não, Tyra. Quero maaaaaaais!



Ela devia ter feito o photoshoot durante o Vamos Ver. Teria sido bem mais convincente. Com uma enooooorme frieza, Nigel disse que era uma foto doce, mas ela podia ter ido além, e André acrescentou que não era a melhor foto de Brittani, mas funcionava porque havia uma emoção nos olhos. Tyra latiu um “obrigada” para dispensá-la, e bora para a deliberação.


Sério, o episódio foi tãoooooo bom que até a deliberação merece destaque.



André disse que Lexie não havia cumprido o desafio da foto louca, mas sim o desafio do que passou no Vamos Ver com a loucura de Brittani. Eric concordou com Nigel que sua opinião sobre Brittani havia mudado. Apesar de tudo, Nigel achava que ela possuia atitude e personalidade, e estas podiam ser moldadas.


Enquanto isso, aguardando…


Alexandria disse que as meninas queriam vê-la pelas costas, e que ela ainda estava ali. Kasia disse que Lexie era cinco pessoas diferentes,e  Hannah acrescentou que elas queriam que ela fosse eliminada.



Alexandria respondeu que elas deviam ter dito isso antes, para que ela tivesse parado de falar com as outras há muito tempo, e agora não se sentisse uma idiota por ter dito coisas legais sobre as meninas enquanto estas eram falsamente gentis com ela



E então Brittani surtou novamente por ter sido chamada de falsa.


Cara, fala sério!


Ranking dos Jurados:


1. Jaclyn


2. Molly


3. Hannah


4. Kasia


5. Alexandria


Bottom Two: Brittani e Mikaela. Todo mundo sabe que Mikaela é duh, então não vamos perder tempo com ela. Tyra disse que Brittani tirava as melhores fotos, mas sua atitude não era nem um pouco atraente. Ainda pisou um pouco dizendo que, na deliberação, todos pensavam que Tyra dava a palavra final, mas na realidade ela era a última a votar. E que, essa semana, havia sido voto vencido. Ou seja, a eliminada foi…



Mikaela, mas Tyra queria tirar Brittani. Amargo, não?


Looooouca para ver no que isso vai dar semana que vem.

From → antm16

Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: