Skip to content

>Survivor Redemption Island – Episódio 8

April 7, 2011

>O legal de ficar atrasada em Survivor é que rapidinho já chegou O GRANDE EPISÓDIO! Sim, companheiros, estou falando da MERGE! Estou falando da volta do sobrevivente da Ilha da Depressão! E vamos combinar que, depois de ter lutado tanto, se o Matt não nos livrar da Sarita eu como o meu notebook.


Episódio: This Game Respects Big Moves

Tradução Literal: Esse Jogo Respeita Grandes Jogadas

Tradução Livre: Aleluia, Senhor!

Tradução Livre 2: Cacildis!





No fim das contas, e apesar de dizer que preferia trabalhadores competentes que não trabalhassem tão bem, o único voto que Dave havia recebido além do de Sarita tinha sido de Ralph.


E, enquanto isso, Sarita chegava à Ilha da Depressão…



Dizendo Ah, que lindinho, parece a casinha da família Robinson, a Seita é linda, todos são pessoas maravilhosas, viva o mundo inteiro.


Duelo


Bom, essa estava mais ou menos ganha, até Matt mostrar que tinha cortado o pé, o que foi uma delícia (contém ironia), principalmente diante da prova que o Zé do Survivor tinha reservado… Mas estou me adiantando. Antes disso, as tribos ficaram sabendo que teriam de comparecer em peso para o duelo. Rob, claro, sacou que isso significava a merge.



E falou para todos se prepararem para a mudança.



Phil dando um piti desnecessário, pois acabou concordando com Rob e arrumando as suas coisas também.


Bom, chegaram todos à Ilha da Depressão.



E adivinhem como era a prova?



Resistência! Os dois tinham de ficar entre esses blocos, com os pés apoiados em calços pequenininhos. A cada quinze minutos, eles mudavam para o calço inferior, até chegar no terceiro, onde mal cabia o dedo mindinho.



E aí o último que agüentasse saía da Ilha da Depressão. Foram momentos teMsos, com Matt fazendo careta…



E Phil dando-lhe apoio, falando de samurais, gorilas, cinco anéis, Frodo, Bíblia e etc, enquanto Rob ficava com o koo na mão e torcia por Sarita.


Só que a mulher é tão tosca, mas tãoooo tosca, que mesmo com o pé cortado de Matt ela desistiu primeiro.



Jeff deu a Matt uma nova bandana e anunciou a merge. Ao contrário do que estávamos pensando, não foi o fim da Ilha da Depressão. Ela continua, com o eliminado dessa semana.



Foi um Momento LiMdo. Foram todos mandados a um novo acampamento, onde havia comida à espera.


“Frango!” “Aaaaaaaaah!”



Então vejam como são as coisas. A Seita Roxa não quis preservar força, e sim lealdade, em uma época que era a primeira que contava. E, quando finalmente optam pela força, vem a merge, e agora eles estavam em minoria e precisavam fidelizar alguém para conseguir número.


Vida dura, néam?



Eles queriam escolher um nome em espanhol para a nova tribo, e Rob disse “Murlonio”, que significava “unidos pelo mar”. Enquanto todos ficavam Oh, que lindoooo, Rob disse para as câmeras que ele tinha inventado a palavra e ela não significava nada. Medo de Rob acabar aquecendo meu coração. Muuuuito medo.


De volta, Matt foi perguntar para Cara dos Dreads o motivo do blindside na primeira semana.



E este, vaselinicamente, disse que estavam todos paranóicos com Kristina, achando que Matt se aliaria a ela. 


E é claro que, Matt tendo sido o primeiro eliminado da sua equipe, entrou na mira da Seita Roxa.



Mike resolveu chamá-lo para uma conversa.



Disse que tinham um Ídolo, que o colocariam à sua disposição e de Andrea se eles votassem com eles e os ajudassem a eliminar Rob. Àquela altura, Matt estava cheio de sangue nozóio, dizendo que o fato de ter ficado tanto tempo vendo o jogo andar o havia eliminado a primeira vez, e que agora ficaria esperto. Portanto, à noite chamou Andrea…



E soltou “Esse jogo respeita as grandes jogadas”. Agora eles voariam solo, eliminariam Steve e Phil, deixariam os amarelinhos confortáveis pensando que eram leais, e aí cairiam em cima de Rob.



Andrea ficou nervosinha. Por um lado, havia o blindside da primeira semana. De outro, ela havia deixado de ser Gata Borralheira e os amarelinhos andavam todos BFF, o que tornava a jogada de Matt bastante arriscada.


Andrea só não contava com uma coisa: Não contava com Jesus!


E, mais uma vez, não me refiro ao Jesus Luz.



Reparem bem nessa cena. Reparem no objeto que Mike tem nas mãos. Sim, companheiros, é a Bíblia rosa de Krista! Enquanto isso, Rob e Natalie seguravam o riso ao fundo, e diziam que o acampamento parecia uma Convenção Cristã. E que qualquer convenção, qualquer grupo de pessoas, era um risco, e por isso Mike teria de rodar.


Mas como, eu pergunto, a Bíblia rosa foi parar nas mãos de Mike? Através de Matt, que virou pastor da Seita Roxa e concluiu que havia sido Deus que o tinha colocado numa ilha da Nicarágua para ganhar um milhão de dólares. Porque, néam, com Tsunami no Japão, terremotos no México e fome na África, Deus prefere se preocupar com reality shows.


Desafio


O primeiro valendo imunidade individual.



Os participantes tinham que ficar em pé em toquinhos

.
E equilibrar uma bola sobre um disco.



A intervalos regulares, eles iam acrescentando novas bolas, até ficarem com três.



Conforme os participantes fossem se desequilibrando, iam sendo eliminados, até só sobrar um.


Ficou entre Mike e Natalie, e parecia que ele venceria, pois estava totalmente ninja.



Até que pousou uma mosca em uma das bolinhas.



Bom, Mike disse que o pé ficou dormente, mas o que importa é que ele perdeu o equilíbrio, e quem levou foi Natalie.



Aí chega a hora de cada um tentar tirar o seu da reta.



Mike, provando que é possível uma pessoa ser roxa e não ser totalmente estúpida, pediu que Ralph Casaco de Pelos lhe desse o Ídolo, pois os amarelinhos provavelmente votariam nele por causa da sua força no desafio. E que a Seita devia votar no Cara dos Dreads, braço direito de Rob.



Pois é. Como já deu para imaginar, a merge não serviu de muita coisa. De qualquer modo continuaram duas tribos, só que no mesmo acampamento. Até Dave, a ovelha desgarrada, foi aceito novamente no seio da Família.


Aí vem a parte totalmente I-NA-CRE-DI-TÁ-VEL.



Matt conta a Rob sua experiência mística na Ilha da Depressão, e que Deus, aquele cara fanático por realities, quer que ele seja verdadeiro. Por isso Matt lhe entregou o plano de Mike e disse que seria amigo para sempre e leal aos amarelinhos.



Rob lhe apertou a mão, agradeceu a sinceridade, e disse para as câmeras que Matt acabara de provar que não era confiável e comprar seu bilhete de volta para Redemption Island.



Nisso chega Andrea, que escuta a conversa, e também fica p*ta nas calcinhas pela fraqueza de Matt, que cada hora diz uma coisa.


Cara de Natalie ao saber que Matt voltou a ser a bola da vez:



E o comentário do Cara dos Dreads:



“Mas ele é um cara tão bom e cristão!”


Resposta do Rob:


“Ele vai continuar sendo bom e cristão em Redemption Island”.


Ai, Credro. O Rob VAI conseguir aquecer o meu coração.


Não que Matt não tivesse percebido que agora todos falavam pelas suas costas. Mike resolveu se aproveitar da paranóia e lhe mandar um bilhete dizendo que ele votasse no Cara dos Dreads.



Matt leu e mostrou a Andrea.



E não preciso nem dizer que, enquanto os dois trocavam bilhetes na praia, os amarelinhos já tinham todos se ligado do sumiço.


Conselho Tribal


Não foi lá muito amistoso, porque a Seita estava mimimiando sobre ter dormido a primeira noite na chuva, enquanto os amarelinhos dormiam sob a lona. Phil foi falar, Dave o interrompeu, e baixou a professora primária no cuequinha:

“Não me interrompa”



Reação normalmente provocada cada vez que Phil abre a boca:



Bom, companheiros, estávamos no seguinte pé: Rob havia dito para Matt que votariam em Steve, quando na realidade iriam nele mesmo. A Seita queria a cabeça do Cara dos Dreads. Segue-se a votação, e Jeff pergunta se alguém vai usar o Ídolo.



Ralph, duplamente burro, o usa para proteger Mike. Burro uma vez, pois ele não o usou para si. Burro duas vezes, pois gastou o Ídolo.


Na contagem de votos, adivinhem em quem Matt votou? Em queeeeeem? Em Steve! Cara dos Dreads recebeu uma saraivada da Seita, até que os votos em Matt começaram a aparecer.



E com seis votos, INCLUSIVE de Andrea…



Lá vai Matt entrar em contato com Deus na Ilha da Depressão… de novo! Tipo, o cara caiu DUAS VEZES no mesmo truque.


Não percam o episódio que vem, onde vocês verão a seguinte cena:


Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: