Skip to content

>Dancing With The Stars 12 – Episódios 4 e 5

April 7, 2011

>Que divertidoooo! Essa semana, os participantes tinham de escolher músicas importantes para eles, e a coreografia deveria contar uma história. Preparem os lencinhos para mais DOIS episódios de…

Nota: Sou só eu, ou todos odeiam o “parapapá” brega enquanto as estrelas fazem caras engraçadinhas para a câmera?



Como cada um dançaria um ritmo diferente, alguns dos quais ainda não haviam sido apresentados nessa temporada, a trupe de DWTS fez uma apresentação.



Tipo Paso Doble ao som de Sympathy for the Devil.



E… samba. Oi?


A primeira a chorar as pitangas foi Wendy Williams.



Ao menos dessa vez ela arrumou um lenço e não secou as lágrimas com as tranças. Wendy quis falar sobre o início da sua carreira, quando ela não tinha peitos enormes, era DJ de rádio e dormia no carro. Tudo isso em forma de um Foxtrot beeeeem chato.





Carrie Ann disse que sentiu um retrocesso em Wendy. Tipo, depois da semana passada, abaixo dela só pode ficar Sugar Ray Leonard. Len falou que sua história de luta foi realmente uma luta… na pista de dança. Não havia leveza nem fluidez. Bruno concordou, e falou que o drama deveria estar na dança, e não só no rosto.



Depois de toda a polêmica do jive da semana passada, Chelsea pediu para Mark pegar leve na inovação.



Sua história foi tãoooooo linda e Disney Channel! Foi sobre a música que um namorado fez para ela. Na realidade, a música foi uma declaração, do nada, durante um show, e eles começaram a namorar no dia seguinte.



Tudo isso deu nesse cha-cha-cha:





Não foi lindooooooo? Os jurados também acharam, e a elogiaram tanto que ela nem teve tempo de fazer aquele bico maluco.



E tudo isso sem derramar UMA lágrima! Mas calma que ainda vem muito chororô por aí.


Agora vamos a uma lição sobre como conquistar o público.


Chris resolveu contar a história sobre o acidente que sua mãe sofreu e a deixou tetraplégica, sobre ela tê-lo incentivado a continuar lutando, sobre a sua morte e a sua música favorita que era… atenção: Let it Be. Tudo isso através de uma rumba nem um pouco sexy, mas cheia de alma, dedicada a uma pessoa cujo maior sonho era ser dançarina.



Tipo, tinha uma foto da mãe de Chris no cenário. Cês têm noção??






Quando uma jurada chora, é porque você se deu bem. As únicas críticas foram sobre a fluidez e, mesmo assim, sempre que alguém falava algo negativo levava vaias. Len disse que as poses e postura estavam perfeitas.



Mais uma rumba, mais uma história de amor.



Kendra quis contar sobre quando conheceu o marido, Hank. Tá, sei que ele é um jogador famoso, mas não vou pesquisar o sobrenome porque isso não tem importância, tá? O que vale é que eles passaram por muito preconceito porque ela era ex-coelhinha e stripper, e inclusive tiraram um outdoor que havia com a foto dele em sua cidade natal.





Len elogiou o fato de ela ter superado o problema que teve com as pernas na semana anterior. O resto dos comentários foi: sexy, sexy, sexy, nossa, que sexy.



Mais uma rumba, mas uma… história triste dessa vez. Romeo perdeu os primos quando era criança, e resolveu lhes dedicar “I’ll be there”. Descontou a tristeza nos sapatos de salto.



E no dia seguinte resolveu pedir desculpas para Chelsie, que estava toda psicóloga dizendo “Acho que o problema não são os sapatos, e sim outra coisa que o incomoda”.



Duh.


Então eles dançaram, se superaram e…





Não fizeram ninguém chorar, embora Carrie Ann e Bruno tenham elogiado seu envolvido emocional na dança. Len disse que semana passada ele deu um grande passo adiante, e essa semana deu um grande passo para trás. Esse é o problema de criar muita expectativa.



Outro de quem se esperava muito era Hines, que brilhou na semana passada.



Ele também dedicou a música a sua pobre mãezinha que tinha três empregos quando ele era pequeno para sustentá-lo. Àquela altura, estava quase torcendo por Wendy pela originalidade.



Ao menos esta estava viva, e na platéia. Pergunta que não quer calar: QUE RAIOS DE SAMBA É ESSE???





Bom, os jurados gostaram. Nem Len teve o que gongar. Hines ganhou o primeiro 9 da temporada.



Petra quis usar uma música que escutou durante uma viagem à Tailândia que a inspirou a criar uma fundação para crianças vítimas de desastres naturais.



Dmitry queria uma valsa bem angélica e inspiradora. O único problema é que Petra é linda, mas não muito graciosa.



O que foi mais uma daquelas pegadinhas de ensaio, para você esperar o pior e se deparar com isso:





Foi tãooooo lindo, leve, fluido, angelical E inspirador. Len disse que ela foi o melhor da semana.



Agora quero que duas coisas fiquem registradas:


1. Poucas vezes senti tanta vergonha alheia na vida; e


2. A Anna é uma santa.


Ray estava todo arrasado com a quase eliminação da semana passada, e queria falar sobre vencer as dificuldades, tomando como base o início da sua carreira.



Juro que pensei que a música fosse ser “Eye of the Tiger”. Ele não fez isso conosco. Fez isso:



E isso:





E ainda foi aplaudido pelos jurados, que perceberam um grande avanço, que ele dominou o espaço e refinou os movimentos. Sério mesmo??



Kirstie liMda resolveu falar sobre quando, na mesma semana, conseguiu seu primeiro papel importante e seus pais sofreram um acidente que matou sua mãe e quase matou seu pai. Conclusão: outra rumba com sentimento.





E Maks liMdo caiu! Tá que ele disse que foi muscular e nada teve a ver com Kirstie liMda, mas achei feio cair justamente carregando a gordinha.


Apesar disso, os jurados disseram que eles se recuperaram lindamente.



E, finalmente, Ralph Macchio decidiu dedicar a dança à sua esposa, com quem está casado há 24 anos. Sei não, mas ainda acho essa idade do Ralph muito, muuuuuito errada. Ironicamente, essa foi a semana do aniversário de casamento dele.



Cara, vai dizer que ela não parece mãe dele?





Os jurados todos reclamaram da falta de refinamento nas mãos e nos pés. Eu, na minha santa ignorância, achei lindo de morrer.



Resultados


De acordo com a nota dos jurados, tínhamos o seguinte:


10. Wendy e Tony


9. Sugar Ray e Anna


8. Romeo e Chelsie


7. Kirstie e Maks


6. Chris e Cheryl


5. Ralph e Karina


4. Kendra e Louis


3. Chelsea e Mark


2. Hines e Kim


1. Petra e Dmitry


Em resumo: Beeeeem diferente da semana passada, com exceção de Wendy e Ray, lutando e não superando lá na rabeira.


Blablabla One Republic (ao menos não são batedores de Rihanna), e a primeira leva de dançarinos. Petra se salva (surpresa…NOT) e Wendy fica (surpresa… DOUBLE NOT) Blablabla Videos Engraçados dos participantes em casa, Blablabla Selena Gomez.


Primeiro choque: Chelsea se salva (Tá, isso não me chocou) e Kendra não (choquei aí).


Mais choque. Choque HORROROSO: Sugar Ray se salva. COMO ASSIM, BIAL? Eu sempre, seeeempre digo que velhinho engraçadinho é o novo pobrinho. Dança que é um horror, mas faz meia dúzia de palhaçadas e nego acha o máximo.


Ficamos com o Bottom 3: Kendra, Wendy e Chris (foto da mãe não comoveu).


Kendra se salva primeiro, e entãoooo, quem saiiii…


Wendy! Nos poupando de um novo coração com as mãos.



Adiós, Wendy Williams!

Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: