Skip to content

>The Amazing Race – Unfinished Business (Meet the Cast)

February 15, 2011

>A multidão clama! Depois de muito esperar chega a hora tão esperada. Sim, senhoras e senhores, é hora de revelarmos o cast da 18° edição do The Amazing Race. E não é apenas um cast qualquer. Não. Chega a hora do segundo All Star! Onze duplas que fizeram história ao longo das ultimas edições estão de volta. Mas não onze times aleatórios. Mais que apenas times marcantes, cada um tem “negócios inacabados”. Por isso essa temporada vai ser mais que apenas negócios. Desta vez será PESSOAL!.


                                                             

Meet the Cast







Claro que o elenco já foi revelado já tem algum tempo, né? Mas vamos fazer de conta que isso acabou de acontecer. A décima oitava edição do The Amazing Race é a segunda edição do All Star. Como expliquei antes, um all star é uma edição especial quando ex-participantes que marcaram o programa são convocados novamente para competir e assim ter mais uma chance de vencer (normalmente são participantes que não venceram, mas às vezes pode ter algum ganhador). Essa prática é bastante comum entre os realities americanos, principalmente quando o mesmo chega a uma determinada edição (na maioria da vezes quando chega à edição 10). Dessa vez o TAR tem a responsabilidade em dobro com esse All Star.


Primeiro, tentar superar a última temporada que foi uma das melhores dos últimos anos. E segundo, superar o primeiro All Star tentando tirar o gosto ruim que foi. Em 2007, a décima primeira temporada reuniu vários times da primeira até a décima. Mesmo acertando em alguns times, os produtores tiveram problemas com a maioria. Times que perderam o carisma e a força (na maioria das primeiras temporadas), eliminações surpresas de times que poderiam render e uma rota fraca com provas ruins. A temporada só foi salva no top 4. Dessa vez os times escolhidos se restringiram às últimas temporadas (a partir da 12°). E ao que parece, a escolha foi feita a dedo e muito bem analisada. Se depender, o Unfinished Business promete ser genial. Então, vamos parar de enrolação e descobrir quem são os times.


Margie & Luke

Relacionamento: mãe e filho
Temporada: 14
Posição: 3° colocados


Quais são os seus negócios inacabados?: Depois de serem um dos favoritos ao prêmio com Margie no alto dos seus 50 anos sendo a mulher mais forte a participar do programa dando a ela o apelido de “Mulher Biônica”, Luke ferrou com tudo na última prova quando eles estavam em primeiro lugar e a um passo da vitória. Além disso, Margie tem alguns assuntos a resolver contra uma participante que fez “bullying” contra o seu pobre filho surdo (na verdade Luke é uma “bicth” safadissímo que barraqueia com meio mundo e merece levar um na cara, mas mãe é mãe, né?).


Merecem uma segunda chance?: É claro! Além de serem extremamente competitivos, Margie e Luke foram um dos times mais marcantes de todos os tempos. Há quem odeie o Luke, mas não há como negar que eles são mais que merecedores de voltar.


Jet & Cord

Relacionamento: irmãos cowboys
Posição: 2° colocados
Temporada: 16


Quais são os seus negócios inacabados?: Depois de conquistarem o público com o jeito descontraído, carismático e engraçado, quase serem eliminados e se tornarem os favoritos, os irmãos viram suas chances de vencer irem por água abaixo numa simples manobra dentro do avião onde os vencedores Dan & Jordan pegaram um melhor lugar no desembarque.


Merecem uma segunda chance?: Sim, e muita. Normalmente quando o TAR escolhe um time masculino forte em sua maioria são macho alphas chatos e/ou irritantes que sempre ganham. Às vezes, quando eles saem da casinha dos estereotipos, eles acertam em cheio. Esse é o caso de Jet e Cord. Os irmãos que nunca viajaram para fora dos Estados Unidos conseguiram quebrar a casca do estilo caipira burro mostrando carisma como poucos.


Jaime & Cara

Relacionamento: amigas e ex-lideres de torcida
Posição: 2° colocadas
Temporada: 14


Quais são os seus negócios inacabados?: Elas começaram devagar. Aos poucos as amigas foram ganhando destaque e se mostrando um time forte. Chegaram à final devido à eliminação mais idiota da historia do TAR (logo eu explico) e disputaram o prêmio depois de deixarem os aliados Margie & Luke para trás. Estão aqui também para continuar a saga de pentelhar e gritar com a outra metade de pobres taxistas que não sabem inglês que elas pegarem durante a viagem.


Merecem uma segunda chance?: Um sim pequeno. Apesar de terem momentos marcantes, elas não foram a dupla feminina mais memorável da história. Apesar disso, o lado “bitch” das duas devemestar com “sangue nois oio” de raiva e isso é muito bom. (E são gatas para caramba!).


Gary & Mallory



Relacionamento: pai e filha
Posição: 6° colocadas
Temporada: 17


Quais são os seus negócios inacabados?: Depois de surpreender devido à determinação, empolgação e força dos dois, pai e filha se perderam em um dos trechos e foram eliminados antes da hora.


Merecem uma segunda chance?: Sim. Times que se perdem depois de ótimas etapas sempre resultam em uma eliminação triste e merecem uma segunda chance de mostrarem do que são capazes. E a Mallory é tão fofa e tem uma vontade de competir tão louca que mereceu voltar ao lado do pai caladão.


Zev & Justin

Relacionamento: melhores amigos
Posição: 9° colocados
Temporada: 15


Quais são os seus negócios inacabados?: Logo na quarta etapa, depois de fazerem um trecho perfeito e chegarem em primeiro, os dois foram eliminados devido à perda do passaporte. O que faz da dupla especial é que o Zev é portador de um tipo de autismo fazendo interessante tê-los na corrida.


Merecem uma segunda chance?: Mais ou menos. Não vimos muito dos dois, mas a condição de Zev poderá render mais ou não. A dupla é a incógnita da temporada.


Kisha & Jen

Relacionamento: irmãs
Posição: 4° colocadas
Temporada: 14


Quais são os seus negócios inacabados?: As duas irmãs foram durante a primeira metade da corrida se arrastando. Só quando as duas arrumaram confusão com Margie & Luke que elas começaram a se destacar. Se não bastassem os barracos com mãe e filho, as duas foram os competidores que tiveram a eliminação mais sem noção da história dos reality shows. Disputando a última vaga na final com Jaime e Cara, as duas tinham uma vantagem. Tudo foi pelo espaço quando a Jen resolveu ir ao banheiro antes de pisarem no pit stop (isso foi devido ao excesso de água que ela tomou para engolir insetos fritos no Bloqueio). Esse tempo foi o necessário para que as amigas passassem a frente das duas e irem para a final.


Merecem uma segunda chance?: Odeio as duas, mas mereceram muito. Seja pelo fato dos barracos ou da eliminação, as irmãs podem render muito. E claro, teremos Kishão emanando beleza e feminilidade (NOT!) mais uma vez na TV.


Ronald & Christina

Relacionamento: pai e filha
Posição: 2° colocados
Temporada: 12


Quais são os seus negócios inacabados?: os dois foram responsáveis pela nova cara do TAR. Eles foram a primeira dupla pais/filhos realmente a serem fortes, mostrando que era possível quebrar as barreira de apenas casais e times masculinos a chegarem à final. Mesmo não sendo os mais fortes fisicamente, conseguiram várias vitórias. Na final, quando estavam a um passo da vitória, a coitada Christina enfrentou uma das mais difíceis provas do TAR até então e não conseguiu vencer o casal hippie TK & Rachel.


Merecem uma segunda chance?: Demais. A relação dos dois foi o grande destaque. Com a velha fórmula de pai e filho asiático com diferenças culturais e de idade, os dois levantaram amor e ódio do público. Chris é uma fofa enquanto o pai tem um temperamento difícil, o que gerou muita raiva de uma parte do público. Mesmo assim, Ronald tinha momentos hilários como o da camisa que dizia “Who’s your daddy?” (Quem é seu papai?).


Flight Time & Big Easy



Relacionamento: Harlem Globetrotters
Posição: 4° colocados
Temporada: 15


Quais são os seus negócios inacabados?: Na penúltima etapa Big Easy decidiu desistir de um bloqueio mas tão fácil que parecia brincadeira de criança. Isso os levou à eliminação


Merecem uma segunda chance?: Nem um pouco. O público americano é estranho. Ao longo da décima quinta temporada os jogadores do Harlem Globetrotters (aquele time de basquete que viaja o mundo fazendo jogos misturando com shows de acrobacias) Flight Time (nome verdadeiro Herb) e Big Easy (nome verdadeiro Nathaniel) foram meio apagados, meio engraçados e meio burros. Nada de mais. Mas a maioria do público americano os escolheu como os preferidos. Vai lá saber porque!


Kent Vyxsin

Relacionamento: namorados góticos
Posição: 5° colocados
Temporada: 12


Quais são os seus negócios inacabados?: Depois de ficarem na mão devido a um carro quebrado e serem salvos por uma etapa não eliminatória, os namorados fizeram um erro fatal na etapa seguinte quando tinham a chance de usar o U-Turn em um dos times, mas usaram no time errado e foram eliminados.


Merecem uma segunda chance?: Claro. Tipo só de olhar para os dois a gente tem uma noção do por quê eles voltarem. Mas isso é acompanhado pelo fato dos dois serem extremamente simpáticos, competitivos e fãs de carterinha do programa. Só explicando: o de cabelo preto é homem. Eu acho que é homem. Eu sei que a Vyxsin é mulher pois ela tem seios. (Nota: na temporada 12, o Kent se escrevia Kynt. Só Deus sabe o porquê da mudança).


Mel & Mike

Relacionamento: pai e filho
Posição: 6° colocados
Temporada: 14


Quais são os seus negócios inacabados?: Depois de surpreenderem com a força e determinação, principalmente pai Mel que conseguiu bater concorrentes bem mais jovens em provas fisícas usando a inteligência, a dupla pegou um taxista lento e escolheram o Desvio errado e foram eliminados.


Merecem uma segunda chance?: Sim. Mesmo Mike já tendo 70 anos e a dupla servindo apenas como os queridinhos da temporada. E se você acha que o BBB é para “frentex” ao colocar uma tranxesual no elenco, senta e chupa essa: Mel e Mike, pai e filho biológicos, são gays! Sim, os dois são gays! (Nota: se você olha para o filho Mike e pensa “eu conheço esse cara de algum lugar, mas nunca vi o TAR”, não se preocupe,  Mike é ator e roteiristas de cinema. Entre seus trabalhos mais conhecidos estão o filme Escola de Rock com Jack Black, onde ele atuou e escreveu o roteiro, e Zombilândia apenas como ator).


Amanda & Kris

Relacionamento: noivos (namorados na temporada original)
Posição: 8° colocados
Temporada: 14


Quais são os seus negócios inacabados?: eram um time forte, mas tomaram no tooba quando Margie & Luke usaram o primeiro Blind U-Turn neles e foram eliminados.


Merecem uma segunda chance?: A pior escolha possível. Não sei da onde os produtores tiraram essa idéia de colocar o casal mais sem graça de volta. Espero que eles se ferrem de novo e nem cheguem perto da final.


Se vocês viram o elenco e pensaram: cadê as D-I-V-A-S Brook & Claire? A presença das duas era quase obrigatória, mas como sempre a Claire pisou na bola. Ela engravidou e não pode participar.

Me ferrei de novo!

Calma Claire, vocês duas sempre vão morar no meu coração! Galera, é isso! Dia 20 começa a nova temporada. Façam suas apostas e acompanhem aqui pelo blog. Até lá!

Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: