Skip to content

>American Idol 2011

January 26, 2011

>Eu não sei vocês, mas o mundo dos realities não gira apenas em torno do BBB nessa época do ano. Fora do furacão (esse ano ainda está mais para um ventinho) um mundo inteiro de possibilidades gira. E como o Cartas para Pi está aqui para levar a vocês a melhor cobertura desse mundo de realidade, começamos hoje a cobertura do reality mais poderoso do mundo. Antes de qualquer coisa, vamos a duas regras simples e importantes:

1. Aqui não é para falar de BBB. Então, por favor, galera, os comentários aqui são sobre esse reality em questão;

2. A cobertura oficial será feita todo domingo após a exibição inédita no Brasil no sábado. Então, spoilers sobre os episódios que não passaram aqui nos comentários são proibidos. Isso evita quem, como eu, está acompanhando pela TV de saber detalhes antecipados.

Já sabem de qual reality estou falando? O programa mais visto dos Estados Unidos? O que mais rende? O que chega na sua nova edição enfrentando uma reformulação em busca do sucesso perdido ao longo dos anos? Senhoras e senhores

                                                          Este é o American Idol

Antes de começarmos a cobertura oficial da décima edição do AI, vamos voltar no tempo. Como estou na minha área “natal” (a música, pois sou o autor do blog SoSingles), vou listar os ex-american idols que mais se deram bem depois de participarem do reality musical.

Top 5

5°Chris Daughtry



Quarto lugar na quita temporada do AI, o roqueiro era o grande favorito a vencer. Ganhou muitos fãs durante a competição, mas foi surpreendentemente eliminado no top 4. Houve muitas teorias da conspiração sobre a eliminação de Chris, mas a que prevalece foi que devido à confiança exagerada dos fãs dele, que não achavam que ele seria eliminado, não votaram como deveriam.Após a sua eliminação, Chris foi contratado por uma grande gravadora e resolveu montar uma banda. O nome escolhido foi The Daughtry, uma espécie de Bon Jovi moderno. O primeiro álbum da banda se tornou um sucesso gigantesco quebrando recordes de permanência na parada americana onde ficou no top 200 da Billboard durante quatro anos, com vendas de mais de 4,7 milhões apenas nos Estados Unidos desde 2006.O segundo álbum, intitulado Leave This Town, foi lançado em 2009 e, mesmo sem alcançar o mesmo sucesso do anterior, teve bons resultados, com mais de 1 milhão de cópias.
(Nota: o primeiro álbum foi gravado de maneira solo, só depois do lançamento é que a banda começou a trabalhar de fato. Tornando assim o segundo o primeiro da banda. Detalhes apenas.)

4°Adam Lambert

Durante a primeira metade da oitava temporada, Adam Lambert se transformou no favorito quase imbatível. Não era apenas devido ao carisma com o público, e sim também por suas apresentações únicas e geniais, que tiveram seu ápice com a apresentação de Mad World. Então, começou a “vazar” fotos de Adam vestido de drag queen e beijando um homem. O boato era que ele era gay. Sim, o boato. Pois apesar do cara usar maquiagem mais que as mulheres do show e cantar Cher em uma das audições, ainda tinha pessoas que suspeitavam da sexualidade dele. De qualquer forma, os “boatos” ajudaram a enfraquecer a imagem dele com boa parte do público conservador (viu, não é só no Brasil). Assim mesmo, ele conseguiu ir para a final. Mas infelizmente, mesmo sendo o melhor, ele não conseguiu quebrar a barreira do preconceito e acabou ficando em segundo lugar, perdendo para um insípido Kris Allen.

Apesar do segundo lugar, foi Adam que levou as glórias. Admirado por grandes artistas como Katy Perry, Lady GaGa e outros, Adam assinou com uma grande gravadora longo após “revelar” sua orientação sexual na capa da Rolling Stones. Com o apoio de grandes nomes da música atual como Rob Cavallo, Dr. Luke, Linda Perry, P!nk e a própria GaGa ele lançou o CD For Your Entertainment no final de 2009. O álbum bateu fácil o do vencedor Kris Allen em todos os sentidos: seja de sucesso, seja de criticas e de vendas. O principal sucesso do álbum é a canção Whataya Want from Me que alcançou o top 10 da parada americana e recebeu uma indicação ao Grammy desse ano. Para comprovar que o próprio American Idol o achava o real vencedor, ele foi convidado para ser um dos mentores na última temporada.

3°Jennifer Hudson



Em 2004 a candidata Jennifer Hudson era um dos principais nomes da terceira temporada do AI. Com uma voz poderosa, ela começou enfrentando alguns problemas devido a não conseguir expor seu real talento. Salva com o Wild Card, Jennifer conseguiu mostrar seu talento durante as semanas seguintes tendo o ponto alto na apresentação de Circle of Life. Ganhando força, ela era vista como uma das favoritas da temporada. Porém no top 7, ela foi eliminada. O que gerou muita polêmica. Se não bastasse a eliminação por si só, Jennifer foi para o bottom 3 junto com as outras favoritas da temporadas, Fantasia Barrino e LaToya London. As três negras. Então, já podem imaginar como foi polêmico com acusações de preconceito do público. Outro fator importante foi que na mesma semana, na região de Chicago, houve uma grande tempestade destruindo as linhas telefônicas impossibilitando a base de fãs de Jennifer (que é natural de lá) votar.

Sem planos ou contratos com gravadoras, Jennifer estava no limbo dos ex-American Idols. Sem esperança de seguira carreira, ela até pensou em desistir da música. Mas em 2006 tudo mudou quando ela fez o teste para atuar na versão cinematográfica do musical da Broadway, Dreamgirls. Sem nunca ter feito aulas de atuação, Hudson ganhou o papel da geniosa Effie White. Num elenco estrelar, ela roubou a cena com sua atuação aclamada ofuscando a protagonista de Dreamgirls, Beyoncé. Pela sua performance ela faturou dezenas de prêmios, inclusive o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante. Com as portas abertas, finalmente Jennifer conseguiu lançar sua carreira musical, com  seu álbum de estréia alcançando boa vendagem e um Grammy. Enquanto prepara seu segundo CD para esse ano, Jennifer vai viver Winnie Mandela, ativista sul-africana ex-mulher de Nelson Mandela.
(Nota: Apesar do sucesso, Jennifer enfrentou uma tragédia sem tamanho quando seu ex-cunhado matou a mãe, o irmão e o sobrinho dela de apenas 7 anos no final de 2008.)

2°Kelly Clarkson

A primeira vencedora do programa foi Kelly, que ajudou o American Idol a ganhar o status de super programa. Ela começou meio desacreditada entre os jurados, pois na primeira audição levou um não do Simon. Aos poucos, ela foi conquistando os jurados e o público com ótimas performances. Kelly foi como a primeira Cinderela dos realities de música: a menina do interior fora dos padrões, que com um talento imenso conquista a fama.

Kelly é sem dúvida nenhuma a ex-Idol que mais se deu bem não apenas dentro do mercado americano, como no mundial. Desde o primeiro álbum, Kelly conquistou ótimo desempenho comercial, mas foi apenas no segundo que ela ganhou notoriedade internacional. Com cerca de 14 milhões de cópias vendidas e dois Grammy, Breakaway estabeleceu Kelly como um dos nomes mais fortes do pop nos últimos anos. Apesar de todo sucesso, por que ela não está no topo dessa lista? Por dois motivos. O primeiro é culpa dela. Após o sucesso de Breakaway, Kelly resolveu peitar a a gravadora e lançar um álbum com ela no comando. Aí saiu o medonho My December, que foi um grande desapontamento em relação às vendas e às criticas, mesmo sendo um passo importante para ela crescer como artista. O segundo motivo vem a seguir.

1°Carrie Underwood

Ela não teve muitos desafios para vencer a quarta edição do AI. O grande mérito dela foi o que fez depois. Primeira e única vencedora do estilo country, ela pegou na época um estilo que andava meio esquecido e fora do grande mainstream do cenário musical. Depois do sucesso de Shania Twain no final dos anos noventa, o country passava por um período de recessão. Carrie foi quem ajudou a revitalizar o estilo com o mega sucesso do primeiro álbum Some Hearts, dando a ela status de superstar nos Estados Unidos. Com mais de 7 milhões de cópias, Carrie ainda faturou 5 Grammy’s, inclusive o de Revelação.

Ela continuou o sucesso com o segundo álbum, Carnival Ride. Com um pouco mais de 3 milhões de cópias e mais duas vitórias no Grammy. Em pouco tempo, Carrie se tornou a mais bem sucedida cantora country da história da parada americana Billboard com 10 números um. Além disso, ela abriu o caminho para uma nova geração de cantores como a Taylor Swift. Ela é a ex-Idol que mais vendeu dentro dos Estados Unidos, batendo Kelly Clarkson. E só não é a que tem as maiores vendas no geral, pois o country não é tão bem recebido em outros paises.

Então é isso. A cobertura começa nesse domingo. Espero que gostem. Até lá!

Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: